Oficina de culinária: uma ferramenta da educação nutricional aplicada na escola - doi: 10.5102/ucs.v10i2.1542

Marianna Nunes Pereira, Carla Tavares de Moraes Sarmento

Resumo


Atualmente a alimentação da criança é caracterizada por elevadas quantidades de alimentos com açúcar, gordura, sal. Sabe-se que o consumo de fruta verduras e legumes nessa faixa etária é baixo, embora a infância seja o momento ideal para o consumo de alimentos saudáveis. Uma valiosa estratégia de promoção de saúde e educação nutricional são as oficinas Culinárias, uma vez que promovem a manipulação e a degustação de alimentos. O trabalho teve como objetivo avaliar a influência de uma Oficina de Culinária na melhora da aceitação de alimentos saudáveis por pré – escolares de um Colégio Particular do DF. A coleta de dados foi feita por meio de questionário objetivo enviado aos pais, aplicado antes e depois da realização da Oficina. Os resultados mostram que com a aplicação da Oficina, houve uma excelente aceitação das preparações com o alimento em estudo, o agrião, revertendo o percentual de rejeição no início da pesquisa.

Palavras-chave


estratégias educativas, educação nutricional, oficinas educativas, culinária experimental.

Texto completo:

Texto Completo


DOI: http://dx.doi.org/10.5102/ucs.v10i2.1542

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN 1678-5398 (impresso) - ISSN 1981-9730 (on-line) - e-mail: universitas.saude@uniceub.br

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia