Estudo comparativo entre os níveis de glicemia venosa e glicemia capilar - doi: 10.5102/ucs.v7i2.1034

Bárbara de Castro Borges, Tania Cristina Andrade

Resumo


A manutenção da glicemia normal depende principalmente da capacidade funcional das células pancreáticas em secretar insulina e da sensibilidade tecidual à ação da insulina. O objetivo desse trabalho é realizar um estudo de comparação entre os níveis de glicemia venosa e de glicemia capilar de um mesmo indivíduo para verificar se elas são compatíveis. Foi avaliada a eficácia da monitorização glicêmica capilar (realizada por glicosímetro) comparada à dosagem glicêmica venosa. Na amostra total não houve diferença significativa entre a glicemia capilar e a venosa, quando realizadas em jejum e simultaneamente. Pode-se concluir que o uso da medida de glicemia capilar deve ser fortemente estimulado na prática clínica para a monitorização domiciliar do paciente, uma vez que o controle rigoroso dos níveis de glicemia contribui para a redução das principais complicações do diabetes mellitus. O uso do glicosímetro tem impacto benéfico na redução dos riscos e complicações em pacientes diabéticos.

Palavras-chave


Glicemia capilar; Glicemia venosa; Glicosímetro; Diabetes mellitus.

Texto completo:

Texto Completo


DOI: http://dx.doi.org/10.5102/ucs.v7i2.1034

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN 1678-5398 (impresso) - ISSN 1981-9730 (on-line) - e-mail: universitas.saude@uniceub.br

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia