Brasília: tombar x tombar

Regina Souza Maniçoba, Natalha Faria Costa

Resumo


A preocupação em preservar o patrimônio cultural e histórico mundial se torna cada vez mais necessária haja vista as mudanças ocasionadas no espaço urbano que podem ocasionar a extinção das heranças arquitetônicas de muitas cidades. No presente artigo, será analisado o estudo de caso da cidade de Brasília, cujo tombamento se deu por ser esta uma cidade moderna, concepção urbana esta que não ocorre em outras cidades brasileiras, sendo este, um ponto único para preservação. Ao se analisar a formação espacial da cidade atualmente pode-se perceber a desfiguração de diversos pontos do projeto original, que deveriam ter sido geridos de forma diferente visando a sua preservação. Os pontos críticos para preservar em Brasília são cobertos principalmente por relatório da UNESCO, em 2012, que definiu as áreas prioritárias de intervenção, como sendo as margens do Lago Paranoá e a Avenida W3.

Texto completo:

Texto completo


DOI: http://dx.doi.org/10.5102/univhum.v10i2.2937

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN 1984-9419 (impresso) - ISSN 2175-7488 (on-line)

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia