Análise evolutiva da paisagem: estudo de caso da região oeste do Distrito Federal e Águas Lindas de Goiás

Marcus Fábio Ribeiro Farias

Resumo


Paisagem é uma categoria geográfica de significado polissêmico. Ab’Sáber sugere a ideia de herança dos processos fisiográficos e biológicos, e, também, da herança cultural para os povos que a habitam. Forman e Godron (1986) definem a paisagem como a área superficial heterogênea, composta por um conjunto de ecossistemas interativos, que se repete de forma similar por outras extensões de área. Milton Santos argumenta que a ocupação do território brasileiro se resume basicamente em três meios: naturais, técnicos e o meio técnico científico informacional. Bertrand trouxe um entendimento de paisagem a partir da visualização do sitema GTP (Geossistema, território e paisagem) A análise temporal mostra que a paisagem é dinâmica e a velocidade de mudança é diferente nos aspectos naturais abióticos, bióticos e antrópicos.

Texto completo:

Texto completo


DOI: http://dx.doi.org/10.5102/univhum.v11i1.2620

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN 1984-9419 (impresso) - ISSN 2175-7488 (on-line)

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia