O Uso de ‘Novas Tecnologias da Informação’ pelos Movimentos Sociais e ONGs e o pensamento político de Hannah Arendt

Juliano Tadeu dos Anjos Oliveira

Resumo


O presente artigo tem por objetivo analisar se o uso de ‘novas tecnologias da informação’, sobretudo da Internet, por ONGs e Movimentos Sociais, é uma ação política entendida conforme pensamento da filósofa alemã Hannah Arendt. Para tal, procura primeiramente discorrer sobre o uso de ‘novas tecnologias da informação’ pelas ONGs e Movimentos Sociais, a partir da visão de pesquisadores contemporâneos, buscando analisar os impactos do processo de globalização, em especial a ampliação do uso da internet por diferentes atores, para a organização social, política e cultural das sociedades. Num segundo momento, analisa brevemente o modo como uma ONG, a WWF, estabelece-se enquanto Rede e atua em rede através do uso da internet. Finalmente, aborda o conceito de ação política presente no pensamento de Hannah Arendt, pretendendo averiguar se o uso da internet pelas ONGs e Movimentos Sociais enquadra-se neste conceito definido pela pensadora.

Texto completo:

Texto Completo


DOI: http://dx.doi.org/10.5102/univhum.v8i2.1424

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN 1984-9419 (impresso) - ISSN 2175-7488 (on-line)

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia