Ocorrência de parasitos zoonóticos em fezes de cães provenientes de uma entrequadra da Asa Norte de Brasília, DF - doi: 10.5102/ucs.v7i2.940

Aline Silva Moraes, Diogo Claudino Claudino, Juliana Ferreira Vieira Name, Laiane Silva Carneiro, Loiane Alves Vieira, Daniella Sousa Mendes

Resumo


O conhecimento da frequência de parasitos em cães é importante devido ao caráter zoonótico e aos danos que causam aos hospedeiros. Foram analisadas 20 amostras de fezes de cães, destas, 7 foram colhidas em domicílio e 13 encontradas em locais públicos da Asa Norte-DF. Oito apresentaram ovos e cistos de parasitos de relevância clínica tais como os do gênero Toxocara sp., Giardia sp., ancilostomídeo. Este estudo foi importante para o esclarecimento da população local sobre o risco de contaminação por fezes de cães. A partir dele sugere-se que medidas de controle sejam intensificadas para garantir melhor qualidade de vida à população.

Palavras-chave


Fezes de cães, Técnicas de diagnóstico parasitológico, Freqüência de parasitos.

Texto completo:

Texto Completo


DOI: http://dx.doi.org/10.5102/ucs.v7i2.940

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN 1678-5398 (impresso) - ISSN 1981-9730 (on-line) - e-mail: universitas.saude@uniceub.br

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia