Anemia falciforme: um problema de saúde pública no Brasil - doi: 10.5102/ucs.v3i1.547

Amanda Batista, Tania Cristina Andrade

Resumo


A anemia falciforme é a doença hematológica e genética mais prevalente no Brasil. O índice de portadores heterozigotos (Hb AS) é significativo, sendo o cruzamento entre heterozigotos um risco de gerar novos homozigotos (Hb SS), o que acarreta sofrimento para os pacientes e grandes investimentos hospitalares. Estes fatos foram confirmados por dados obtidos de instituições públicas do Distrito Federal. Tratando esta anemia como caso de saúde pública, faz-se necessário o investimento em programas de triagem neonatal e de identificação de heterozigotos na população, pois esta patologia requer diagnóstico precoce para prevenir e controlar as manifestações clínicas, proporcionando melhor qualidade de vida aos portadores

Palavras-chave


anemia falciforme, hemoglobina S (Hb S), diagnóstico precoce, diagnóstico tardio, saúde pública

Texto completo:

Texto completo


DOI: http://dx.doi.org/10.5102/ucs.v3i1.547

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN 1678-5398 (impresso) - ISSN 1981-9730 (on-line) - e-mail: universitas.saude@uniceub.br

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia