Linfedema: revisão da literatura - doi: 10.5102/ucs.v2i2.539

José Roberto P. de Godoy, Vinícius Zacarias Maldaner da Silva, Hugo Alves de Souza

Resumo


O linfedema, excesso de líquido intersticial no espaço tecidual, é um dos sinais da insuficiência linfática e ocorre quando a carga linfática ultrapassa o débito linfático, gerando transtornos funcionais, estéticos e psicossociais ao paciente. As infecções e inflamações crônicas no(s) membro(s) edemaciado(s) são fatores que contribuem para redução do transporte e captação do líquido extracelular aumentando progressivamente o linfedema e suas complicações. A Terapia Física Complexa (TFC) é a técnica fisioterápica mais eficaz no tratamento, pois age
corrigindo as limitações funcionais proporcionando a restauração das atividades da vida diária, a estética e, conseqüentemente, os aspectos psicossociais.

Palavras-chave


linfedema, fisioterapia, terapia física funcional

Texto completo:

Texto completo


DOI: http://dx.doi.org/10.5102/ucs.v2i2.539

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN 1678-5398 (impresso) - ISSN 1981-9730 (on-line) - e-mail: universitas.saude@uniceub.br

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia