A influência da alimentação como agente precursor, preventivo e redutor do câncer - doi: 10.5102/ucs.v1i2.514

Viviane Alves Figueredo, Cláudio Henrique Cerri e Silva

Resumo


O câncer é uma doença que se manifesta através de mais de 100 formas, proporcionadas por sucessivas mitoses que ocasionam tumores benignos e malignos. O número de casos vem crescendo devido aos vários fatores que
desencadeiam as neoplasias, dos quais vem se destacando os maus hábitos alimentares. Uma dieta desequilibrada com alto consumo de gorduras saturadas e
hidrogenadas, ou ainda algumas substâncias embutidas nos alimentos podem vir a ocasionar a gênese carcinogênica. Por outro lado, uma dieta que enfatize maior
ingestão de fibras, antioxidantes, carotenóides, vitaminas, proteínas e ainda rica em ácidos graxos ômega 3, propicia o auto controle fisiológico do organismo, além de
aumentar a proliferação imunológica do mesmo. Portanto, o consumo de alimentos com teor nutricional desequilibrado deve ser evitado ou realizada com pouca
freqüência, buscando, corriqueiramente, adicionar à dieta maior quantidade de frutas e vegetais, bem como variar a dieta para que haja equilíbrio do organismo.

Palavras-chave


alimentação, prevenção, câncer

Texto completo:

Texto completo


DOI: http://dx.doi.org/10.5102/ucs.v1i2.514

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN 1678-5398 (impresso) - ISSN 1981-9730 (on-line) - e-mail: universitas.saude@uniceub.br

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia