Auto-estima e relações afetivas - doi: 10.5102/ucs.v1i2.507

Antônio Isidro da Silva, Geison Isidro Marinho

Resumo


Sentimentos são resultantes de acontecimentos ambientais; não tem geração espontânea. As sensações agradáveis ou ruins, descritas como sentimentos, são respostas discriminativas das ações do ambiente sobre o organismo ou as conseqüências – reforçadoras ou aversivas – de algum comportamento. A autoestima é desenvolvida com os elementos fornecidos de relações familiares e sociais. Esses elementos, entretanto, nem sempre fornecem informações positivas a respeito de si próprio e, à medida que o indivíduo cresce precisa-se identificar quem verdadeiramente ele é e assumir a responsabilidade pela própria existência.

Palavras-chave


Terapia comportamental, auto-estima e relações afetivas

Texto completo:

Texto completo


DOI: http://dx.doi.org/10.5102/ucs.v1i2.507

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN 1678-5398 (impresso) - ISSN 1981-9730 (on-line) - e-mail: universitas.saude@uniceub.br

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia