Microbiota da flora intestinal de besouros (Coleoptera: Scarabaeidae) do Parque Olhos D’água - doi: 10.5102/ucs.v5i1.429

Rafael Vieira Nunes, Marina Regina Frizzas

Resumo


Interações entre microrganismos e insetos são comuns na natureza podendo apresentar importância médica, agrícola ou ecológica. O presente estudo teve como objetivo verificar a ocorrência de fungos e bactérias provenientes da flora intestinal de besouros da família Scarabaeidae, bem como avaliar a diversidade do grupo no Parque Olhos D’Água, em Brasília, DF. Os besouros foram coletados por meio de alçapão, armadilha luminosa e coletas manuais durante o período de outubro de 2006 a maio de 2007. Os insetos coletados tiveram seus tratos digestivos retirados e cultivados em meios para crescimento de fungos e bactérias. Dezesseis espécies de Scarabaeidae foram coletadas e seis foram analisadas. Em todas, houve crescimento de bactérias de importância médica como Staphylococcus sp. Dentre os fungos, os pertencentes à família Saccharomycetaceae apresentaram o maior número de espécies. Os Scarabaeidae possuem uma flora intestinal rica e são carreadores e dispersores potenciais de microorganismos.

Palavras-chave


besouros; fauna; cerrado

Texto completo:

Texto Completo


DOI: http://dx.doi.org/10.5102/ucs.v5i1.429

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN 1678-5398 (impresso) - ISSN 1981-9730 (on-line) - e-mail: universitas.saude@uniceub.br

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia