Fatores antropométricos associados à hipertensão arterial infantil

Hetty Nunes Lobo, Renata Aparecida Elias Dantas, Marcio Rabelo Mota

Resumo


O presente estudo teve por objetivo verificar a associação entre a pressão arterial e o nível de atividade física em escolares da rede pública e privada do DF. A amostra foi constituída por 212 estudantes (98 pública e 114 privada), na faixa etária de 7 a 10 anos. Os sujeitos foram submetidos a uma avaliação antropométrica, classificados de acordo com o IMC/idade e a um questionário de estilo de vida. A hipertensão foi definida quando a pressão arterial sistólica e/ou diastólica estavam acima do percentil 95 de acordo com a idade, sexo e estatura. Não foram evidenciados diferenças nas variáveis quando comparadas entre os quartis para o NAF. No entanto quando comparadas entre escola pública e particular e entre pares, as crianças da escola privada apresentaram maior IMC e PA elevada. As crianças da escola privada apresentaram maiores fatores de risco cardiovascular do que as crianças da rede pública.

Palavras-chave


Obesidade; Nível de Atividade Física; Crianças

Texto completo:

Texto Completo


DOI: http://dx.doi.org/10.5102/ucs.v15i1.4264

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN 1678-5398 (impresso) - ISSN 1981-9730 (on-line) - e-mail: universitas.saude@uniceub.br

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia