Fatores que influenciam na escolha da via de parto cirúrgica: uma revisão bibliográfica

Tatiane Abud Pimentel, Eduardo Cyrino Oliveira-Filho

Resumo


Nos últimos anos observa-se um considerável aumento do parto cirúrgico. Dados do Ministério da Saúde afirmam que 88% dos bebês que nascem nos hospitais privados no Brasil são por cirurgia, e no setor público chega a 40% dos partos, um número elevado ante os 15% recomendados pela Organização Mundial da Saúde (OMS). Diante disso, esse trabalho propôs distinguir quais os fatores que influenciam na escolha da via de parto. Trata-se de um estudo de revisão narrativa da literatura científica nacional e internacional, consultadas nas bases de dados Lilacs, Scielo, e PubMed. Concluiu-se que muitos são os fatores que influenciam o comportamento materno em relação à preferência por determinada via de parto, destaca-se entre eles o processo doloroso do parto, o desrespeito à sua autonomia, o desinteresse do profissional pelo parto normal, e o próprio sistema de saúde. Ressalta-se a relevância do acesso ao pré-natal com ações voltadas para a reeducação dos profissionais de saúde, e das próprias pacientes que incentivem o parto humanizado, e que proporcionem uma decisão com total autonomia e segurança sem riscos para a mãe e o bebê.

Palavras-chave


Palavras-Chave: Parto; Cesárea; Obstétrico; Trabalho de parto

Texto completo:

Texto completo


DOI: http://dx.doi.org/10.5102/ucs.v14i2.4186

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN 1678-5398 (impresso) - ISSN 1981-9730 (on-line) - e-mail: universitas.saude@uniceub.br

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia