Colonização da microbiota intestinal e sua influência na saúde do hospedeiro - doi: 10.5102/ucs.v14i1.3629

Ludmilla Araújo Paixão, Fabiola Fernandes dos Santos Castro

Resumo


A microbiota intestinal tornou-se uma fonte de estudo extremamente importante para o conhecimento e tratamento de determinadas patologias. O trato gastrointestinal é um órgão estéreo ao nascimento, adquirindo microrganismos logo após o parto. Dentre suas principais funções, destacam-se a imuno-modulação, contribuição nutricional e resistência à colonização por bactérias patogênicas. Sofre alterações por fatores externos e internos como meio ambiente, antibicoterápicos, alimentação, sistema imunológico, genético, probióticos e prebióticos. Novos tratamentos têm surgido de maneira promissora para o combate de determinadas doenças entéricas, como o transplante de fezes que, apesar de ser recente, apresenta ótimos resultados. O Trabalho tem como objetivo relatar a colonização da microbiota intestinal e sua influência na saúde do hospedeiro. Foi realizada uma revisão bibliográfica narrativa, com artigos publicados entres os anos de 1999 a 2015.

Palavras-chave


microbiota intestinal, gastrointestinal, colonização bacteriana, probióticos, prebióticos e transplante de fezes.

Texto completo:

Texto Completo


DOI: http://dx.doi.org/10.5102/ucs.v14i1.3629

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN 1678-5398 (impresso) - ISSN 1981-9730 (on-line) - e-mail: universitas.saude@uniceub.br

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia