Beneficios do método Mãe Canguru em récem-nascidos pré-termo ou baixo peso: uma revisão da literatura - doi: 10.5102/ucs.v14i1.3477

Maria Helena Santos, Francino Machado de Azevedo Filho

Resumo


O objetivo deste estudo foi verificar na literatura as vantagens e benefícios da aplicação da assistência humanizada a recém-nascidos pré-termo de baixo peso (RNPT/BP), o Método Mãe Canguru (MMC). Realizou-se revisão integrativa da literatura, por meio de consulta às bases da Biblioteca Virtual em Saúde incluindo-se artigos publicados entre os anos 2005 e 2015. Utilizaram-se os descritores: “Método Canguru”, “Recém-nascido” e “assistência perinatal”, no idioma português. Foram encontrados 294 artigos e selecionados 21. O MMC é dividido em três etapas, promovendo a humanização da assistência, acolhendo a família, promovendo o vínculo e aleitamento materno, com inúmeras vantagens e benefícios aos RNPT/BP, além de redução nos custos, comparado com a da UTIN, com importante economia no SUS. Cabe ressaltar que o MMC não substitui as incubadoras e as tecnologias, mas completa a humanização na assistência, acenada como uma “metodologia salvadora de baixo custo”.

Palavras-chave


Método Canguru; Recém-nascido; assistência perinatal

Texto completo:

Texto Completo


DOI: http://dx.doi.org/10.5102/ucs.v14i1.3477

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN 1678-5398 (impresso) - ISSN 1981-9730 (on-line) - e-mail: universitas.saude@uniceub.br

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia