Análise dos aspectos e impactos causados pelo turismo no Parque Nacional de Brasília-DF - doi: 10.5102/ucs.v14i1.3028

Andrea Tayara Berto, Luciana de Paiva Luquez

Resumo


Atualmente, valoriza-se muito o ecoturismo como uma das melhores alternativas de desenvolvimento econômico em áreas naturais, mas se esquece dos impactos ambientais que são provocados. Com este artigo, pretende-se auxiliar os administradores do Parque Nacional de Brasília (PNB) a identificar e avaliar impactos, nas piscinas e entorno causados pelo ecoturismo. Tendo isso em vista, a pesquisa utilizou o método de Sistema de Gerenciamento Ambiental (SGA), proposto por Henkels (2002). Os dados obtidos serviram como base para a elaboração de matrizes de planejamento que identificam os impactos encontrados nas piscinas do parque. A análise das informações coletadas identificou que os impactos mais graves são os resíduos deixados pelos visitantes no PNB, podendo causar poluição das águas, solo e dependência dos animais locais que se alimentam desses resíduos. Contudo, a qualidade da água foi observada em boas condições para o uso dos turistas.

Palavras-chave


SGA. Resíduos. Poluição. Educação Ambiental.

Texto completo:

Texto Completo


DOI: http://dx.doi.org/10.5102/ucs.v14i1.3028

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN 1678-5398 (impresso) - ISSN 1981-9730 (on-line) - e-mail: universitas.saude@uniceub.br

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia