Prevenção da obesidade de forma multidisciplinar no contexto escolar - doi: 105102/ucs.v12i1.2682

Rayana Silva Esmeraldino, Alessandro de Oliveira Silva, Filipe Dinato Lima, Vitor Vicente da Silva, Renata Aparecida Elias Dantas, Ricardo Jacó de Oliveira, Hugo Alves de Souza, Márcio Rabelo Mota

Resumo


O ambiente escolar é ideal ao desenvolvimento e produção de hábitos saudáveis. A aula de educação física escolar (EFE) é um momento propício para exposição de padrões alimentares e físicos adequados, porém não se está aproveitando essa disciplina satisfatoriamente, com menos sistematização dos projetos de ensino e menos deslocamentos durante as aulas. A obesidade nos jovens já é considerada uma epidemia que, se não tratada, aumentam as chances de desenvolvimento de diversas doenças, como diabetes, hipertensão arterial e a síndrome metabólica. O objetivo deste estudo foi descrever métodos que possam contribuir para a prevenção da obesidade nas escolas, por meio da EFE. Para isso, foi realizada uma revisão bibliográfica de artigos, livros e sites, com publicações de 1979, e 2001 a 2012. Na prevenção desta doença, ensaios de base familiar, de longa duração, com treinos combinados e intervenções na dieta e nos exercícios mostraram resultados positivos.

Palavras-chave


Educação Física Escolar. Obesidade. Síndrome Metabólica. Dieta.

Texto completo:

Texto Completo


DOI: http://dx.doi.org/10.5102/ucs.v12i1.2682

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN 1678-5398 (impresso) - ISSN 1981-9730 (on-line) - e-mail: universitas.saude@uniceub.br

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia